GESTÃO DE EMPRESAS FAMILIARES

6 a 8 milhões de empresas no Brasil. 90% das empresas são familiares. Representam cerca de 65% do PIB e 75% da força de trabalho.

PREOCUPAÇÕES

A maior preocupação das empresas familiares é a sua sobrevivência.
A maioria delas, enfrenta problemas.

30% chegam à segunda geração.
5% chegam à terceira geração. Ciclo médio de vida é de 24 anos.

 

SINTOMAS

Centralização das decisões por parte do fundador. Inexistência de diretrizes claras para objetivos a curto, médio e longo prazo.

Falta de capacitação dos herdeiros na linha sucessória. Brigas entre os herdeiros pelo poder.

 

CONSEQUÊNCIAS

Queda na qualidade da gestão. Perda de contratos.
Redução da capacidade financeira e,

Na maioria dos casos, a falência.

OBJETIVO

Preparar gestores de empresas familiares para compartilhar a gestão da empresa com gestores de outra geração.

TEMAS

Comunicação – Relacionamento – Negociação – Liderança - Gestão Compartilhada

FORMATO

12 módulos de 2,5h, uma vez por semana